RECOMENDAÇÕES PARA O CONTROLE DE PLANTAS DANINHAS

O manejo de plantas daninhas em uma propriedade deve ser planejado a longo prazo, por meio de um sistema integrado que envolva métodos culturais e químicos.

Portanto, é necessário trabalhar com boas práticas agrícolas, como rotação de culturas e utilização de herbicidas com diferentes mecanismos de ação, visando evitar a seleção de populações resistentes.


SAIBA MAIS SOBRE PLANTAS DANINHAS
Também se recomenda:

  • Fazer monitoramento após a aplicação dos herbicidas.
  • Monitorar reboleiras de plantas daninhas com padrão diferente após as aplicações.
  • Eliminar focos iniciais de suspeita de resistência, evitando-se a produção de sementes.
  • Utilizar boas práticas agrícolas, químicas e não químicas, com o objetivo de potencializar a capacidade competitiva, por meio de um rápido estabelecimento e desenvolvimento da cultura.
  • Utilizar equipamentos e maquinários limpos, realizar o controle de bordaduras e utilizar sementes certificadas, evitando-se a disseminação de plantas daninhas.